Errar faz parte

Quem é o 007 das startups que fechou negócio com o Facebook

Daniel Craig - New James Bond

Cleber Rincao é mestre na arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo. Especialista em produtividade organizacional, auxilia organizações a transformar o modo como trabalham, criam, planejam e pensam. E ele passou por Cascavel para contar pessoalmente um pouco da sua trajetória com startups e como foi vender uma para o Facebook.

Por trás dessa história que mais parece conto de fadas para startupeiros de plantão, Rincao construiu um legado de muita persistência. A venda para o Facebook só aconteceu na sétima tentativa, após seis falências, fracassos ou iniciativas malsucedidas, como ele mesmo as intitula. Seis tentativas que falharam, por algum motivo, mas não desanimaram o 007 das startups.

Bacharel em Economia pela Universidade Estadual de Maringá (PR), Rincao tem no currículo acadêmico um MBA em Gestão Empresarial pela Universidade Autônoma de Barcelona na Espanha, além de Especializações em Inovação pela Universidade de Maryland nos EUA e Desenvolvimento de Produtos Inovadores pela Universidade Tecnológica de Monterrey no México.

O empreendedor atua no universo das startups nas áreas do consumidor e estratégia, com foco em desenvolvimento de produtos, inovação e estratégia de negócios, incluindo gestão geral, operações, desenvolvimento de negócios, marketing e vendas.

Desde o serviço militar na Israel Defense Forces (IDF), entre 1998 e 1999, Rincao integra o quadro de consultores da Technion (Centro de Desenvolvimento Tecnológico de Israel) como parceiro de negócios em países como Espanha, Suíça, Chile e Brasil, ajudando a desenvolver parcerias com instituições locais.

Durante três anos foi Gerente de Produtos da UBS, o maior banco da Suíça, trabalhando na gestão e no desenvolvimento de novos produtos financeiros, incluindo linhas de capital de risco. Desde 2009 é CMO (Gestor de Marketing) da Delta, em Maringá (PR), responsável por coordenar as operações de marketing e vendas da empresa.

Cleber Rincao, o 007 das startups

TRAJETÓRIA DO EMPREENDEDOR

  1. Falhou sozinho, ainda em 1999, já em Israel.
  2. Com grupo de amigos faliu, também em TelAviv.
  3. Não foi um fracasso total, mas a venda da empresa só pagou as contas da segunda.
  4. Empreendeu dentro do maior banco privado do mundo, a UBS, e foi demitido.
  5. Faliu novamente, após a investida na UBS.
  6. Nova empreitada malsucedida, mas não se deu por vencido.
  7. Nasce o Onavo, que três anos depois tornou-se a maior aquisição do Facebook em Israel.

Give back to society foi coringa de venda milionária

Onavo é um aplicativo para smartphones que ajuda as pessoas economizar dados móveis de 3G, EDGE e LTE. É um aplicativo gratuito, fácil de instalar que funciona em segundo plano vasculhando formas de economizar o uso do pacote de dados, enquanto se navega pela internet. CoFundador e COO (Gestor de Operações) do Onavo, Rincao foi responsável pelas operações de negócios da companhia até a sua venda para o Facebook em 2013. A empresa foi fundada em 2010 e levantou cerca de 13 milhões de dólares em financiamento de risco de investidores de startups como Sequoia, Horizons Ventures, Motorola e Magma Venture Partners.

Os termos do acordo não foram divulgados, mas relatos calculam que o Facebook adquiriu o Onavo por uma quantia entre 100 milhões e 200 milhões de dólares. A proposta não foi a maior, dentre todas recebidas, mas se tornou a mais atrativa pela contrapartida oferecida pela empresa de Mark Zuckeberg. Uma célula do Facebook foi inaugurada em Tel Aviv, a única fora dos Estados Unidos. E assim, Rincao e seu time fecharam o negócio com a sensação de dever cumprido.

Devolver à sociedade que tanto ajuda empreendedores é o lema de quem vive e convive em um ecossistema de inovação
Cleber Rincao

Não para nunca

Fechar negócio com uma gigante como Facebook ou Google não significa férias ou aposentadoria para empreendedores. Em 2014 Rincão fundou a Arbo, uma plataforma global de gerenciamento e negociação de créditos de carbono de árvores urbanas. A sede é em TelAviv, Israel, onde viveu a maior parte da sua vida empreendedora e tem um dos maiores ecossistemas de startups do mundo. De olho nas tendências de tecnologia limpa, considerado um dos mercados mais promissores para startups, Rincao explica que a proposta da Arbo é criar árvores urbanas, transformá-las em florestas certificadas de redução de emissões e negociar o crédito de carbono no mercado mundial. Além de fundador da empresa, Rincao é o COO (Gestor de Operações) responsável pelas operações de negócios da companhia.

Sobre o autor

mm

Ana Karla Martins

Jornalista por natureza, empresária por opção em busca de formas para tornar o mercado da comunicação mais inovador. Editora da Revista Rulez, co-fundadora do Banzai Coworking e idealizadora do movimento Realiza Bonita!

Vestiba Univel 2018