Brainsharing

5 coisas para fazer antes de abandonar seu emprego assalariado

Dinheiro

Muita gente tem me perguntado como foi abandonar o emprego, jogar tudo para cima e começar a empreender, seguir carreira solo e ser dono do meu próprio nariz. Bem, a coisa não é tão simples assim, não é só chutar o balde e sair empreendendo que tudo vai dar certo. Provavelmente não irá, inclusive.

Antes de abandonar uma carreira já estabelecida e me aventurar no mundo nômade digital, eu li muito, pesquisei muito, conversei com muita gente, planejei testes e organizei minha vida. Um ano depois, com tudo dando muito certo, aqui estão meus cinco segredos que ajudaram muito nesta fase de transição.

1. Tenha, no mínimo, 6 meses de salário

Eu li muito, muito mesmo, sobre como seguir carreira solo, como freelancer ou empresário e nômade digital. Todas as dicas foram unânimes, ter de 4 a 12 meses de salário guardado te dá não só segurança como também coragem de arriscar. Pegue a média dos seus custos mensais, multiplique por seis e junte este dinheiro. Ele deve sempre estar disponível, pode ser uma espécie de dinheiro de reserva e crédito rotativo pessoal, em caso de emergências, em vez de emprestar do banco ou de parentes, você empresta de você mesmo e depois repõe.

2. Convide pessoas relevantes para um café

Eu precisava contar para pessoas importantes sobre a minha estratégia de vida e receber conselhos para saber se estava tomando a decisão certa. Vale filtrar todos os contatos importantes que você tem. Empreendedores que se deram bem, empresários que você considera bem-sucedidos, amigos que são mais velhos ou experientes que você. O mais incrível é que raramente alguém vai negar um café, e isso vai trazer insights incríveis sobre como suas novas rotinas poderão ser e tornarão qualquer caminho de transição muito mais seguros.

3. Faça um planejamento de marketing pessoal

Vai empreender, vai viver de freelancer, vai tirar um ano sabático para depois decidir o que quer? Um planejamento pessoal pode ser importante para dar um foco a esta nova fase. Construa sua descrição profissional, defina metas e desenhe sua rotina de pontos focais.

4. Teste! Teste muito antes de tomar uma decisão final

Qualquer mudança exige adaptação. Quando eu decidi me tornar um nômade digital, não fiz uma mudança drástica, abandonei tudo e comecei viajar. No meu caso, eu fazia freelances nas horas vagas há anos, então eu sempre consegui trabalhar com diversos projetos menores, gerenciando clientes em horários alternativos. Hoje, posso dizer que consigo trabalhar de qualquer lugar, sob condições extremas de conexão, clima, etc. Faça alguns freelas enquanto empregado. Vale muito sacrificar algumas horas da noite ou do fim de semana para testar um modelo novo. Quer empreender? Tente iniciar algo no contraturno ou nos finais de semana. Se as coisas começarem a engrenar, pode ser o sinal que você pode largar seu trabalho.

5. Construa uma autoridade

Se você quer empreender, se tornar freela ou se dedicar a um projeto pessoal, construir uma autoridade sobre determinados assuntos pode facilitar muito as coisas. Neste caso, vale usar seu emprego atual para mostrar no que você é bom, tentar conseguir apresentações, palestras, reuniões. Quanto mais você aparecer enquanto empregado, mais fácil será quando seguir uma carreira por sua conta própria. Aqui, vale ler o capítulo específico sobre: A construção de um expert: como se tornar um expert em 4 semanas, do livro Trabalhe 4 horas por semana.

Se você seguir estes passos, a chance de falhar certamente será menor, ou ainda pode verificar que isso não é para você. Muitas pessoas tem o desejo de empreender ou trabalhar por conta, mas não querem abrir mão do salário garantido todo fim de mês.

Então, ao passar por estes cinco itens, você poderá concluir se deseja realmente virar a mesa ou talvez o trabalho e a rotina que possui não são tão ruins assim.

E está tudo bem trabalhar como assalariado, não existe certo ou errado quando se trata de trabalho, o que importa é estar feliz, ganhando o proporcional ao trabalho e trabalhando somente o suficiente para conseguir aproveitar a vida de forma saudável e feliz.

Sobre o autor

Fernando Kanarski

Fernando Kanarksi tem 30 anos, ama fotografia, cerveja e gadgets. É Growth Hacker e especialista em Google Adwords/Analytics. Já gerenciou ações de SEM e Redes Sociais para clientes como O Boticário, Subway Brasil, São Paulo Fashion Week, Tigre Brasil, Shopping Mueller, Prefeitura de Curitiba, Condor, Tyson do Brasil, Masisa Brasil, Editora Positivo, entre outros.

CONHEÇA

Fernando Kanarski

Fernando Kanarksi tem 30 anos, ama fotografia, cerveja e gadgets. É Growth Hacker e especialista em Google Adwords/Analytics. Já gerenciou ações de SEM e Redes Sociais para clientes como O Boticário, Subway Brasil, São Paulo Fashion Week, Tigre Brasil, Shopping Mueller, Prefeitura de Curitiba, Condor, Tyson do Brasil, Masisa Brasil, Editora Positivo, entre outros.